Contatos

       (61) 3247-0660

       (61) 98301-2422

       iacv@iacv.med.br

       SGAS 614, Ed. Vitrium, Sala 11, L2 Sul, Asa Sul, Brasília DF . CEP 70.200-740

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta - 8h às 18h

Sábado e Domingo - fechado

©  2019 IACV . Todos os direitos reservados | Desenvolvido por RedeCMG

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone SoundCloud

Tratamentos

Escleroterapia – aplicação de vasinhos

A escleroterapia, também chamada de “aplicação de vasinhos”, é um tratamento destinado à eliminação das telangiectasias.

Utiliza-se medicamentos chamados de esclerosante que são injetados nos vasinhos através agulhas extremamente finas, ocorrendo a esclerose (morte) dos vasinhos após alguns dias. Para reduzir a sensação de dor durante a escleroterapia, pode-se utilizar anestésico tópico, vibração e a crioescleroterapia em que se utilizada um equipamento que sopra ar a temperaturas de até - 35º C, sobre a pele.

Deve-se estar atento às varizes nutridoras que, em geral, são varizes reticulares (microvasos) que nutrem as telangiectasias. Elas devem ser tratadas em conjunto ou, em alguns casos, antes dos vasinhos, podendo-se utilizar o Laser Transdérmico, cirurgia e até a espuma densa, a fim de ter excelente resultado.

O melhor tratamento é aquele que utiliza diferentes técnicas para tratar vasos diferentes, oferecendo tratamento individualizado e o que há de melhor para cada alteração

 
Laser Transdérmico

O laser é um método não invasivo em que um pulso de luz penetra a pele, sendo absorvido principalmente pelo sangue, elevando a temperatura no interior do vaso, resultando na oclusão das varizes e vasinhos sem danificar a pele.

O tratamento é rápido e eficaz, podendo ser associado a escleroterapia. A avaliação individualizada é fundamental na escolha do melhor plano de tratamento.

O tratamento é realizado utilizando anestesia pelo jato de ar gelado (até - 35º C) sobre a pele e, em alguns casos, associa-se o anestésico tópico.  E para aumentar a eficácia do Laser, esse é guiado pela realidade aumentada - veinveiwer.

O número de sessões depende do tamanho da área a ser tratada e da resposta da paciente ao tratamento. O intervalo entre as sessões é de 20 a 30 dias.

Vantagens:

  • Sem agulhas;

  • Não sangra;

  • Não causa reações alérgicas;

  • Pode substituir a cirurgia convencional;

  • Não é necessário repouso pós procedimento;

  • Menos sessões para eliminar os vasinhos;

  • Sem limitação de atividade física.

 
Espuma Densa guiada por Ultra-som

A espuma densa é destinada a diversos tidos de varizes, desde venulectasias, reticulares, perfurantes, varizes de grosso calibre e em insuficiência de safena. A espuma é produzida pela mistura e agitação de um esclerosante líquido e ar ambiente. É injetada no vaso guiada por ultra-som (EcoDoppler) causando a oclusão da veia. Em alguns casos, pode ser necessário injeções adicionais na mesma região.

Vantagens:

  • Pode evitar cirurgia;

  • Não há necessidade de repouso;

  • Pode ser utilizada associada a outras técnicas;

  • Pode ser utilizada em alguns pacientes com risco cardíaco proibitivo para cirurgia.

 
Microcirurgia de Varizes

A microcirurgia de varizes é indicada para o tratamento de varizes reticulares ou microvarizes. Dependendo da quantidade de varizes reticulares, a microcirurgia poderá ser realizada apenas com pequena quantidade de anestesia local, anestesia local com sedação e até com bloqueio regional (raquianestesia). Após a anestesia, realizam-se microincisões (aproximadamente 1 mm de diâmetro) no trajeto das veias que são retiradas ou pescadas com a “técnica da agulha de crochê”.

Vantagens:

  • Menos dor no pós-operatório;

  • Efetividade para aquelas varizes nutridoras em que o Laser não está indicado;

  • Retorno precoce às atividades diárias.

 
Cirurgia com Laser Endovenoso ou Cirurgia à Laser

A cirurgia com Laser Endovenoso é uma técnica minimamente invasiva destinada, principalmente, ao tratamento de veia safena insuficiente ou com refluxo. Após anestesia, através de punção venosa guiada por ultrassom, um cateter de fibra óptica é introduzido na veia safena e é disparado um pulso continuo de laser, aumentando a temperatura local, destruindo as paredes da veia.

 

Vantagens:

  • Não há corte para o tratamento da safena;

  • Menos dor no pós-operatório;

  • Retorno precoce às atividades diárias.

 
Laser para o tratamento de Vasos da face "Vasinhos da Face"

A presença de veias reticulares e telangiectasias "vasinhos" na região do nariz, testa e dos olhos, podem passar a sensação de olheiras e envelhecimento precoce, levando as pacientes a disfarçarem as lesões com maquiagem. Isso tornou-se uma queixa comum no consultório.
Apresenta como principais causas: envelhecimento, hereditariedade, exposição excessiva ao sol, gravidez, uso de anticoncepcional e reposição hormonal.

O tratamento é eficaz e pode ser realizado com a utilização do Laser e/ou Luz pulsada, tomando-se apenas o cuidado da paciente não estar com a pele bronzeada.

Vantagens:

  • Sem agulha;

  • Não sangra;

  • Não causa reações alérgicas;

  • Não é necessário repouso pós procedimento;

  • Sem limitação de atividade física.

 
marqueiacv.png