Contatos

       (61) 3247-0660

       (61) 98301-2422

       iacv@iacv.med.br

       SGAS 614, Ed. Vitrium, Sala 11, L2 Sul, Asa Sul, Brasília DF . CEP 70.200-740

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta - 8h às 18h

Sábado e Domingo - fechado

©  2019 IACV . Todos os direitos reservados | Desenvolvido por RedeCMG

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone SoundCloud

Trombose Venosa

O que é a Trombose Venosa Profunda (TVP)?


É a formação patológica de um coagulo em uma veia do sistema venoso profundo por desequilíbrio no sistema de coagulação.

Quais são os Principais Fatores de Etiológicos da Trombose?
Tríade de Virchow

 

– Lesão do endotélio (parede interna da veia);

 

– Estase venosa (fluxo sanguíneo lento);

 

– Hipercoagulabilidade (desequilíbrio no sistema em favor da coagulação).

A Trombose é Multifatorial, Logo Quais os Fatores de Risco?

 

– Mobilidade reduzida;

 

– Imobilização de membro;

 

– Permanecer acamado;

 

– Idade acima de 40 anos;


 

– História familiar de trombose;

 

 

– Trombose prévia;

 

 

– Anticoncepcional oral;

 

 

– Terapia de reposição hormonal;

 

 

– Gravidez e puerpério (pós-parto);

 

 

– Obesidade;

 

 

– Cirurgias;

 

 

– Câncer;

 

 

– Tabagismo;

 

 

– Viagens Longas;

 

 

– Trombofilias.

 

 

Quais os Principais Sintomas da Trombose?

 

 

Em geral, os sintomas tem o inicio súbito.

 

 

– Edema (inchaço);

 

 

– Dor;

 

 

– Sensação de aumento e endurecimento da musculatura;

 

 

– Escurecimento da pele;

 

 

– Aumento do calibre das veias e varizes.

 

 

Como é feito o Diagnóstico de Trombose?

 

 

Inicialmente o paciente deve ser avaliado pelo cirurgião vascular. Ele avaliará cada caso e a necessidade de exames complementares, como:

 

 

– EcoDoppler venoso (Principal Exame);

 

 

– Dímero D;

 

 

– Tomografia computadorizada;

 

 

– Ressonância magnética.

Como é realizado o Tratamento da Trombose?

 

 

Existem diversas características da trombose que devem ser levadas em consideração para instituir o melhor tratamento para cada paciente,

pois esse pode variar desde o tratamento ambulatorial até a internação em UTI.

 

 

Na maioria dos casos o cirurgião vascular irá:

 

 

– Iniciar a medicação anticoagulante;

 

 

– Orientar o tipo e o tempo do repouso;

 

 

– Orientar o tempo de afastamento do trabalho;

 

 

– Orientar sobre o uso de meias elásticas.

Quanto Tempo Usarei o Anticoagulante?

 

 

Depende das características de cada caso de trombose. Pode variar entre 3 meses até de forma perene (sem previsão para suspensão).

Existe Risco em Usar Anticoagulante?

 

 

Sim, não é uma medicação sem efeitos colaterais. Porém, as medicações estão mais seguras e o risco em não tratar a trombose é muito superior aos riscos da medicação.

É necessário Cirurgia para Tratar a Trombose?

 

 

Ela raramente é necessária, sendo indicada para casos muitos selecionados, pois o tratamento clínico é eficaz e de baixo risco.

A Veia Acometida pela Trombose Voltará a Funcionar?

 

 

Em cerca de 30% dos casos, a veia acometida não terá sequelas. O restante poderá ter desde sequelas simples até a oclusão da veia.

E como Ficará a Circulação se a Veia Permanecer Ocluída pela Trombose?                                                                                        O

 

 

Retorno venoso (retorno do sangue) será compensado pela vasta circulação colateral da região.

E Como Evitar a Trombose?

 

 

– Ter Hábitos de vida saudáveis;

 

 

– Praticar atividade física;

 

 

– Optar pelo método anticoncepcional não hormonal;

 

 

– Evitar o tabagismo;

 

 

– Em caso de cirurgias, seguir as orientações médicas;

 

 

– Em caso de viagens longas seguir orientações

 

conforme: https://iacv.med.br/trombose-em-viagens-longas/

marqueiacv.png