Covid-19 e os Anticoagulantes


A segunda onda do novo coronavírus no Brasil, covid-19, resultou em aumento do número de casos de trombose e embolia pulmonar. Logo, houve aumento na prescrição de anticoagulantes tanto para o tratamento dos tromboembolismos quanto para a sua profilaxia (para evitar as tromboses venosas e arteriais).


O resultado do aumento do uso de anticoagulantes é o aumento dos casos de sangramentos. A maioria dos casos são sangramentos discretos, chamados de menores, como: sacramento gengival, nasal, urinário, intestinal e aumento do fluxo menstrual. Porém, os sangramentos maiores também estão acontecendo, como: acidente vascular cerebral hemorrágico (AVC), sangramentos intestinais e urinários com grande volume e sangramentos após trauma.


O fato é que os anticoagulantes não são medicamentos isentos de risco. Estar atendo aos fatores de riscos de sangramentos maiores é fundamental na tomada de decisão. Em clínicas de angiologia e cirurgia vascular o seu uso é corriqueiro e sendo indicado corretamente os benefícios superam muito os riscos.


E caso você esteja usando anticoagulantes:

- Informe sua família sobre seu uso;

- Comunique sempre o uso da medicação aos médicos ou dentistas;

- Não use medicações por conta própria, pois podem ocorrer interações medicamentosas;

- Tenha junto com a sua identificação a informação que utiliza essa medicação (p. ex. como uma tampa da caixa do medicamento);

- Caso o fluxo menstrual esteja aumentado, faça acompanhamento conjunto com seu ginecologista;

- Evite se expor à traumas, como pisos molhados, subir em telhados ...

- Evite esportes que possam resultar em trauma, como futebol, vôlei, bike, boxe ...

- Tenha cuidado até em lavar a louça, pois pequenos cortes podem demorar parar de sangrar, necessitando de atendimento médico.


Em caso de traumas ou se surgirem quaisquer sintomas alheios à sua doença, como dor de cabeça, tórax e abdome, procure um pronto socorro. O atendimento precoce é fundamental no cuidados das complicações pelo uso de anticoagulantes.


Caso tenha tido uma trombose ou embolia pulmonar mantenha o acompanhamento com seu angiologista ou cirurgião vascular.


Nunca utilize os anticoagulantes sem acompanhamento médico.


Em caso de dúvidas, marque sua consulta!


E lembre-se:

Ame-se, Cuide-se! Só assim você poderá cuidar melhor daqueles que te amam.